FBAC acolhe atelier aberto da Escola Superior Gallaecia | até 25 de janeiro

A Fundação Bienal de Arte de Cerveira acolhe, até dia 25 de janeiro, a criação dos projetos artísticos dos estudantes finalistas do curso de Artes Plásticas e Multimédia, da Escola Superior Gallaecia​.

Estes projetos serão apresentados no final do presente mês, no âmbito da conclusão de curso, mostrando áreas como a escultura, a realidade virtual, o vídeo, o som, em artefactos e instalações de arte imersiva, sob a coordenação dos responsáveis da Unidade Curricular de Projeto Final.

Bruno Pereira, parte do conceito do pós-humano para a criação de uma instalação que combina escultura de grandes dimensões, vídeo e som.

Madalena Lima explora a ilusão e a realidade virtual através de materiais tangíveis, analógicos, sem recurso a meios computacionais.

Telma Lopes trabalha as memórias e a consciência coletiva numa instalação de arte digital.
Valter Moreira inspira-se nas algas, num projeto experimental multidisciplinar em que o conceito funde a biologia, a arte e a tecnologia.

Em paralelo, Anabela Catanho do curso Técnico de Fotografia e Marcelo Gomes do curso Técnico de Artes Gráficas, ambos da ETAP-Escola Profissional, encontram-se a desenvolver o seu projeto de PAP no âmbito da promoção e divulgação do trabalho desenvolvido pelos estudantes finalistas do curso APM, da esGALLAECIA.

Os trabalhos estarão expostos no Fórum Cultural de Cerveira até 28 de fevereiro de 2018.

X