agosto, 2017

17ago(ago 17)18:30(ago 17)18:30Projeto artístico cénico\ Coreografia\ Performance "La Chaise"

Mais

Detalhes do evento

Título: “LaChaise”

Criação e Interpretação: Ana Sofia Albuquerque

Sinopse: “LaChaise” convoca a exploração das articulações do corpo humano tendo como motes o grotesco e o Belo. A ideia surge com o estalar das articulações do esqueleto e com a sua gravação e reprodução como samples, para estimular novos movimentos tendo como premissas a desarticulação e a desconstrução.

Tema: Fragmentação esquelética/ossos; articulação do corpo; colaboração/relação da música ao vivo.

 

Fotografia: ©António Silva

 

LaChaise

É nos atirado com crueza um pedaço de corpo, aparentemente de um corpo, de algum corpo. Depois de sermos recebidos por esse “ser”, que se move, que se mexe, questionamos qual a natureza daquela coisa orgânica que pousa em esforço. A cada movimento a nossa noção de estrutura, de comprimento, de altura, de tronco, de membro é
desconstruída para dar lugar a um jogo de articulações, ou melhor de desarticulações.
Somos assim expostos a algo, que na penumbra de uma luz cega, se esforça por desprender. Passamos a ser encaminhados por aquele corpo onde, em contínuo desmantelamento, o som passa a ecoar a sua substância.
Nada aqui é espetáculo, nada aqui é apresentado se não a certeza de sermos corpo, carne e osso, de sermos algo que continuamente se metamorfoseia e se transforma. Sentimos uma obrigatoriedade de aceitar esse lado existencial de uma exaltação do orgânico.
O corpo confina-se àquele pequeno espaço, espaço esse que deixa de ser uma base, um suporte para dar lugar a uma luta entre ser e o estar. E quando a luz baixa e as articulações deixam de ranger, vêm-me imediatamente à cabeça uma frase da Helena Almeida: “Porque é da exaustão que muitas vezes surgem as soluções”

Com amor, para Ana
João Pedro Terras
Julho 2017
Esposende

Hora

(Quinta-feira) 18:30 - 21:30

Local

Fórum Cultural de Cerveira

Av. das Comunidades Portuguesas, Vila Nova de Cerveira

X