Residências Artísticas

_D6C5325

“Projeto Rede”, Rui Miguel (PT) e Victor Muñoz (CO)

1 a 9 agosto | Residência Artística “Projeto Rede”, Rui Miguel (PT) e Victor Muñoz (CO)

Se um velho barco do rio Minho fosse dotado de uma anímica capacidade de comunicação o que diria? Dotado dessa capacidade que memórias nos representaria? Quais as imagens impressas pelos elementos no seu velho corpo? Poderá estar uma embarcação habitada por uma memória coletiva de uma actividade em vias de desaparecer na margem? Corpos, um barco, o gesto, as marés e carvão num reencontro com um casco de carocho do rio integraram as finas malhas da rede cujo conteúdo nos dará as respostas.

Conceito, desenho e devir: Rui Miguel Antunes
Fotografia, vídeo e edição digital: Victor Muñoz

 

Rachel Ramirez (5)

10 a 12 agosto | Residência Artística Rachel Ramirez

Rachel Ramirez e Karl Scholes (EN) estão em Vila Nova de Cerveira a pesquisar a fauna e flora encontradas no rio Minho e no estuário. Visitaram o Aquamuseu para aprender mais sobre a vida aquática da região e as práticas de pesca tradicionais e equipamentos, tais como as ferramentas e os barcos de pesca de madeira. Andaram 6 a 7 km na Ecopista onde observaram de perto a natureza. O objetivo? Imprimir um livro estilo acordeão – Livro de Artista – que mostre a linha costeira / rota da caminhada e que se desdobre para revelar as imagens da vida selvagem e ambientes que encontraram durante a caminhada.

 

nerea

10 a 30 agosto | Residência Artística, Atelier de Gravura/Escultura/Desenho Vídeo e Som
15h:00 às 17h:30
Local: Fórum Cultural

Concepção e orientação – Nerea e Tom Borgas
CONCEITO
Não é incomum que Nerea Castro (Espanha) e Tom Borgas (Austrália) têm tido uma conversa que dura já meses. Muitas pessoas o fazem. Vivemos num tempo em que nos podemos conectar com tantas pessoas quanto possível durante o tempo que queremos, mesmo indefinidamente. Essas conversas transcendem o tempo e espaço, mas talvez o aspeto mais interessante desta conversa seja que foi iniciada num momento especial num lugar especial: às 6:30 horas do dia 13 de junho, 2014 na Cervejaria Crate em Hackney Wick, London, Reino Unido.
Desde então, a correspondência tem continuado online como um estudo comparativo da vida em lados opostos do globo. O desenvolvimento da sua prática artística tem sido o principal eixo do intercâmbio. Avaliações de trabalho, processo e conceito geraram um impulso significativo dos dois lados. Apesar das limitações óbvias o diálogo virtual tornou-se a escolha lógica para duas pessoas separadas por 16 mil quilómetros, mas e se essas limitações fossem superadas? Se fosse colocado off-line o online?, o que daria uma colaboração?.
Olhando para o futuro, a integração da tecnologia digital móvel e a Internet das Coisas pavimentam o caminho de um mundo onde ser on-line será um estado padrão de ser. Off-line não ira ser uma opção. Como este futuro está a chegar, esta residência promove a colaboração, compromisso e intercâmbio em tempo real e espaço físico. Procura visitar de novo processos passados e modos de interação em combinação com expressões com mais conexão contemporânea. Tem o objetivo de construir um futuro significativo, síntese coextensiva do online e offline, virtual e físico, digital e analógico.

 

Mais informações sobre o projeto:

Residência Artística Nerea & Tom Borgas PT

Artistic Residencie Nerea & Tom Borgas EN

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone
X