Nerea Castro desenvolve investigação na Fundação Bienal de Arte de Cerveira

A artista Nerea Castro está a desenvolver um projeto de investigação na Fundação Bienal de Arte de Cerveira, no âmbito da dissertação para obtenção do grau de Mestre em Multimédia pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

O objetivo deste projeto consiste na apropriação dos princípios e elementos estruturais encontrados na música (composição, sequência, harmonia, ritmo, tempo e textura) como base para o desenvolvimento de uma experiência imersiva de luz no espaço físico.

Segundo Nerea Castro “esta pesquisa é uma exploração da luz como meio de expressão e para transmitir um significado na arte. Olhando para a tensão entre luz e escuridão de modo a construir um espaço, sem corpo, trazendo a consciência sobre o ato de perceção. A abordagem é para apropriar o envolvimento intuitivo presente nas estruturas e princípios da música como o fundamento para o desenvolvimento de uma experiência imersiva de luz num espaço físico.”

Durante esta investigação, que teve início a 26 de abril e decorre até 2 de maio no Fórum Cultural de Cerveira, a artista experimenta:

– os artefactos luminosos construídos, a sua distribuição no espaço e a luminosidade dos mesmos;

– os efeitos da fumaça e a quantidade necessária para um determinado espaço;

– várias composições de luz;

– observação do comportamento do público no interior da instalação e as suas reações baseando-se na interação com a mesma.

 

Os alunos da Escola Superior Gallaecia do curso de Artes Plásticas e Multimédia conheceram hoje o projeto. De acrescentar que Nerea Castro irá fazer a apresentação da instalação na Galeria do Maus Hábitos dias 4 e 9 julho.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone